O sonho dos Irmãos Wright de voar era algo que vinham cultivando há muito tempo. Em 1900, eles desenvolveram um planador e começaram a testá-lo em Kitty Hawk, Carolina do Norte (EUA), determinados a encontrar uma maneira de controlar o movimento aéreo. Em 1903, já com o conhecimento acumulado, finalmente construíram um avião, movido por um motor.

No dia 14 de dezembro de 1903, os irmãos Wright tentaram decolar pela primeira vez. O vôo não foi bem-sucedido: a aeronave tombou no chão logo após deixar o solo. Orville estava ao comando do avião no momento do acidente, e foi ejetado, ficando levemente ferido. O avião sofreu grandes danos.

A causa imediata do acidente foi uma rajada de vento que forçou o avião a subir rapidamente e em ângulo íngreme, e que a equipe não conseguiu controlar. No entanto, a história do primeiro acidente aéreo tem raízes mais profundas. Ainda na concepção do avião, os irmãos Wright enfrentaram desafios. Devido à falta de dados científicos precisos sobre aerodinâmica e aeronáutica, o projeto e a construção do avião foram baseados em tentativa e erro, o que aumentou o risco de um acidente. Além disso, a falta de recursos financeiros também limitava a qualidade de materiais e equipamentos utilizados.

Apesar do fracasso do primeiro vôo, os irmãos Wright não desistiram. Eles repararam o avião danificado e dois dias depois, em 17 de dezembro, fizeram um novo vôo, que mudaria a história da humanidade. O avião voou 37 metros em 12 segundos, e se tornou o primeiro avião controlado a voar com sucesso na história.

O acidente do avião dos irmãos Wright, por mais traumático que tenha sido, faz parte da história da aviação e vem sendo estudado e analisado até hoje, a fim de se entender as circunstâncias e desenvolvimento dos primeiros estágios do vôo aéreo.

Em resumo, o primeiro acidente com o avião dos irmãos Wright, em dezembro de 1903, é um episódio importante da história da aviação. Embora tenha sido um fracasso, ele serviu de lição para os irmãos Wright, que continuaram trabalhando e conseguiram sucesso nos dias seguintes. Além disso, o acidente também evidenciou os muitos desafios e incertezas que os pioneiros da aviação enfrentaram em sua jornada para alcançar os céus.